Analisadores Paramagnéticos Mod. ZKG - Fuji

Gostou? compartilhe!

A câmara de análise deste analisador é chamada de célula de Pauling. Nesta célula, duas esferas de vidro ocas, ES1 e ES2, cheias de nitrogênio (N2), são interligadas por meio de uma haste, tomando a forma de um haltere.

Este haltere é sustentado, horizontalmente, por meio de um fio de fibra de quartzo. As duas esferas estão posicionadas no interior de um campo magnético, estabelecido entre os polos Pn e Ps, de um imã permanente.

O gás a ser analisado, circula no interior da célula, envolvendo completamente a célula. No caso de um gás diamagnético como o nitrogênio, as esferas estão em repouso.

Ao circular um gás paramagnético, como uma mistura de oxigênio e nitrogênio, aparece uma força que tende a afastar as esferas da região de máxima densidade magnética.

Estas forças de origem magnética aplicadas às esferas ES1 e ES2, fazem com que o haltere gire até atingir uma posição de equilíbrio.

O ângulo girado pelo haltere dependerá da suscetibilidade magnética da mistura em análise, isto é, depende da concentração de oxigênio. Este efeito é medido por um circuito micro processado e disponibilizado em display

 

Caracteristicas
O tempo de resposta deste analisador é geralmente inferior a  15 segundo
Range: 0-10, 25, 50, 100%vol.
Repetibilidade: +/- 0,5 FE
 
Linearidade: +/- 1% FE
 
Desvio de zero: +/- 2% FE por semana
 
Desvio de zero: +/- 2% FE por semana
 
APLICAÇÃO
Indústrias de fertilizantes
Indústrias químicas e petroquímicas
Refinarias de petróleo
Indústrias de Papel e Celulose
Siderúrgicas